Header Ads

INSS deve fazer concurso em 2019

Segundo noticiado pelo blog Gran Cursos, em setembro desta ano, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou que quase 2.000 servidores integrantes da autarquia se aposentaram.
Como não existe concurso público em andamento para suprir as vacâncias, torna-se cada vez mais urgente e necessária a realização de um novo certame.
Enquanto não há reposição de funcionários, o atendimento nas agências no INSS está ocorrendo de forma precária, prejudicando a população mais necessitada.

Dados publicados

Os dados publicados informam que, desde o mês de agosto de 2015, mais de 4.000 servidores solicitaram aposentadoria.
Do total, apenas 950 cargos foram ocupados em decorrência de concurso público realizado à época. Significa dizer que nos últimos anos houve um déficit cumulativo de mais de 3.000 servidores, com expectativa de aumento deste déficit.
Ainda segundo o INSS, a atual necessidade é de mais de 16.000 servidores. É algo realmente assustador!
Consequentemente, as agências enfrentam enormes dificuldades para realizarem os atendimentos rotineiros e há quem espere até seis meses para conseguir resolver pendências ou a concessão de benefícios.
Por conta disso, a Defensoria Pública da União ajuizou uma ação na Justiça Federal para obrigar a autarquia a resolver todos os problemas referentes ao atendimento à sociedade.
INSS deve fazer concurso em 2019

Concurso em 2019

O presidente do INSS, Edison Garcia, falou em entrevista que reconhece a necessidade de um novo concurso urgente devido ao atendimento nas agências estar sendo realizado de forma precária. Edison ainda informou que o problema deverá se agravar com as novas aposentadorias, previstas para o mês de janeiro de 2019.
Como forma de driblar a crise de pessoal, o presidente da autarquia está implementando medidas para modernizar o atendimento ao público, reduzindo as filas nas agências.
Recentemente, foram introduzidos sistemas de inteligência para a concessão de benefícios. Outra medida adotada pelo presidente é tentar reter por mais um ano as aposentadorias solicitadas pelos atuais servidores, que estão previstas para o ano de 2019.

Autorização do Concurso INSS

O Ministério do Planejamento divulgou ofício em que consta o parecer sobre os trâmites necessários para realizar a autorização do certame para o INSS.
No referido expediente são informados os critérios que estão sendo seguidos para análise de novo certame. O Instituto já solicitou 7.888 vagas para os níveis médio e superior (técnico e analista da Previdência Social).
O Ministério do Planejamento formulou esse ofício para esclarecer à Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) acerca do andamento da autorização do concurso, que necessita de urgência para sua realização.
O sindicato tem cobrado constantemente o aval do Ministério Planejamento.
Ainda no documento, é explicado que os meios para autorizar o concurso INSS dependem de aspectos variados.
Segundo o Planejamento, estão considerando o atual déficit no órgão, que passa dos 16 mil servidores, considerando-se inclusive as aposentadorias previstas.
Os principais obstáculos à realização de novo concurso estão relacionados ao orçamento, haja vista que existem um enorme déficit nas contas públicas.
Então, diante da carência de servidores no INSS, não deixe de se preparar corretamente para este excelente concurso público.

Nenhum comentário: