Header Ads

Estudar, Aprender e Fixar: as 3 fases da Aprovação em Concursos

Muitas pessoas que cultivam o sonho de se tornar um(a) servidor(a) público(a) concursado(a) pecam na preparação para as provas.
Existem várias formas de se estudar para concursos e os aprovados sabem disso. Por isso, há também várias técnicas de estudos disponíveis.
Mas o fato é que a aprovação passa obrigatoriamente por 3 fases básicas: estudar, aprender e fixar.
À primeira vista, estas três etapas parecem ser a mesma coisa. No entanto, elas são diferentes e se complementam. Em outras palavras, se você quer realmente se dar bem nas provas, terá que aprender a dominar cada uma dessas fases.

Estudar

Uma quantidade enorme de pessoas nem sequer iniciam a preparação correta para concursos sob a alegativa de que não conseguem estudar o suficiente.
E o grande vilão para isso é a falta de tempo.
Atualmente, um dos grandes problemas da nossa sociedade não é a carência de informações, mas o excesso delas.
Com o avanço explosivo das redes sociais, a mídia televisiva ficou ainda mais agressiva na tentativa de "roubar" o nosso precioso tempo. Temos sites, aplicativos, filmes, redes sociais e várias outras formas de "ladrões" de tempo. Por isso, o primeiro passo é não ceder à sedução de jogar tempo fora!
Outro grande empecilho para os estudos é o trabalho. Muitas vezes, temos que trabalhar mais de 8 horas diárias. Às vezes, também temos que cuidar de entes queridos.
Realmente, esses e outros obstáculos existem na vida de milhões de brasileiros. Mas isso, mesmo tornando as coisas muito difíceis, não pode se tornar um motivo impeditivo para os seus estudos.
Neste caso, o problema se resolve com uma palavra: hábito!
Não importa em que situação você se encontre atualmente. Aceite o desafio de criar o hábito de estudar todos os dias, nem que seja inicialmente por apenas 10 minutos por dia. Aproveite cada minuto do seu dia, tente estudar alguns minutos nos mais variados horários, por exemplo: na hora do almoço, no ônibus, na hora de fazer o número 2, fazendo caminhada (ouvindo aulas em formato de áudio etc.).
É importante que você inicie pelas matérias de que mais gosta. Adquira livros ou apostilas e leia todos os dias. Ou então assista a aulas gratuitas no youtube sobre as matérias que deseja estudar.
Resumindo, ache tempo no seu dia e estude, mesmo naqueles momentos em que você não esteja muito a fim de estudar. Simplesmente, não negocie. Seja um ditador de si mesmo pense que estudar é como estudar ou escovar os dentes (deve ser feito todo santo dia). Se você fizer isso, verá a mágica! Com o passar do tempo, você vai conseguir aumentar naturalmente as suas horas líquidas de estudo. Se duvida, faça o teste!
Esse é o grande objetivo da primeira fase da preparação: estudar todos os dias, custe o que custar!

Aprender

Não é raro vermos pessoas que estudam há muitos anos, várias horas por dia, e não conseguem passar nos concursos que almejam. Infelizmente essas pessoas ainda não sabem que de nada adianta estudar várias horas por dia sem entender e assimilar perfeitamente os conteúdos estudados. Elas estudam de qualquer jeito, inclusive com distrações, tais como com sites de redes socais abertos no computador ou no celular.
É muito mais proveitoso estudar menos tempo, mas com total concentração e maior compreensão do que estudar muitas horas de forma desatenta.
Depois de estar totalmente habituado a estudar, você deve aprender a aprender. Isso mesmo!
Somente estudar com habitualidade não é garantia de sucesso.
Nesta fase, é preciso estudar com qualidade e eficiência, pois você deve sempre se lembrar de que concurso publico se trata de uma competição.
Para isto, você precisa buscar o autoconhecimento e alcançar a forma mais eficiente de estudar.
E para se autoconhecer, você precisa testar. Inicialmente, estude por apostilas, livros, videoaulas, faça resumos, mapas mentais, mnemônicos etc.
Depois de testar várias formas de estudos, tire suas próprias conclusões e veja quais delas mais lhe agradou.
Para medir a absorção dos conteúdos estudados, resolva inúmeras questões de concursos anteriores. Para isto, baixe provas anteriores nos sites das seguintes bancas: CESPE, FCC, FGV, VUNESP etc.

Fixar

Depois de dominar as duas fases anteriores (também é possível tentar dominar as 3 etapas simultaneamente), chegou a hora da terceira e última fase, que te deixará pronto para destruir as provas de concursos: a fixação ou a memorização dos conteúdos estudados.
É importantíssimo que você saiba claramente que estudar e compreender os conhecimentos estudados não são garantia de sucesso nas provas.
As bancas examinadoras cobram uma verdadeira avalanche de conteúdos em suas provas. Você somente será capaz de se lembrar de tudo se conseguir fixar o que estuda em sua mente.
Pense, por exemplo, que hoje você estudou o emprego da crase na língua portuguesa, amanhã você estuda atos administrativos, depois de amanhã você estuda raciocínio lógico e daí por diante.
Chegará um momento em que você não se lembrará de nada sobre crase. E, no dia da prova, o risco de dar o famoso "branco" é muito grande.
Por isso, é tão importante saber como fixar os conteúdos permanentemente na sua cabeça para que, quando chegar o dia da prova, você arrebente nas questões.
O grande problema é que a maioria das pessoas quer uma fórmula mágica para memorizar os conteúdos estudados diariamente.
Infelizmente, essa fórmula não existe. O que pode ser feito de fato é a busca pela melhor maneira para você, dentre as várias disponíveis.
Por exemplo, existem mapas mentais, mnemônicos, músicas, siglas, uso de cores etc, que fazem o conteúdo grudar na nossa cabeça.
Como deve ser feito na fase 2, você terá que testar várias maneiras e escolher aquelas que mais lhe trazem resultados positivos.
Existem excelentes cursos de memorização no mercado que ajudam demais nesse processo. Aqui mesmo Portal Concurso Público, nós indicamos o Curso Estudo e Memorização. Se quiser conhecer o curso clique aqui. Mas saiba que o curso não te dará o peixe, ele te ensinará a pescar, ou seja, ele ensina como você pode criar seus próprios métodos para memorizar e fixar todo o conteúdo estudado até o dia da prova.
Resumindo, as 3 fases da Aprovação em Concursos são as seguintes: Estudar, Aprender e Fixar. Se você leu até aqui, então já viu que não se trata de um processo fácil. Mas se fosse fácil, todo mundo passaria em concursos públicos.
Uma coisa é certa: vale à pena pagar o preço. Se há milhões de pessoas disputando as vagas na Administração Pública todos os anos, então é porque no fim tudo compensa. Pode acreditar que sim!
Esperamos que este conteúdo tenha ajudado a clarear o caminho rumo ao seu cargo público (ou pelo menos tenha servido como um fator de motivação). Até as nossas próximas dicas!

Nenhum comentário: