Header Ads

PRF suspende atividades essenciais por falta de dinheiro!

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou a suspensão de algumas atividades essenciais, como resgate aéreo e fiscalização nas BRs.


A medida ocorre em decorrência do contingenciamento orçamentário imposto pelo Governo Federal por meio do decreto 9.018/17.
Segundo os policiais rodoviários, os 10 helicópteros usados no patrulhamento e resgate em todo o país podem parar. Além disso, não será realizada escolta de caminhões com grandes cargas.

Nota Oficial.

Em nota, a Polícia Rodoviária Federal afirma que a suspensão dos serviços ocorre em função do corte de orçamento anunciado pelo Governo Federal e é temporária. A PRF diz que pediu R$ 420 milhões para o orçamento deste ano, mas que só foram aprovados R$ 236 milhões, uma redução de mais de 40%.

Segurança.

Estamos no período das férias e, por causa disso, o fluxo de veículos nas vias federais aumenta 20%, segundo a própria PRF. A falta de fiscalização torna as estradas mais perigosas.

Em vários estados, os policiais rodoviários devem se reunir para decidir que serviços serão suspensos e como isso será feito.

Concursos.

Diante dos cortes orçamentários, surgem dúvidas sobre a possibilidade da realização de concurso público para a Polícia Rodoviária Federal nos anos de 2017 e 2018.
Veja também:
Melhores cargos públicos.
Fontes do Direito Administrativo.

Nenhum comentário: